Rua Maria José de Paiva, 546 - Centro / (35) 3455-1122
"Do campo à cidade, trabalhando por você!"

Banda Marcial Tom da Mata

BANDA MARCIAL “TOM DA MATA”

(BANDA MARCIAL INFANTO-JUVENIL DE SÃO JOÃO DA MATA)

1994


A Banda Marcial de São João da Mata teve seus primórdios em agosto de 1994. Sua primeira apresentação ao público se deu em 07 de setembro de 1995. Nasceu pequena, com instrumentos de percussão doados pelo então Deputado Simão Pedro e num constante esforço do seu instrutor, Reginaldo Firmo Martins, que vem realizando um bonito e reconhecido trabalho no município, cujas manifestações culturais e musicais são muito apreciadas pela comunidade são-joanense. A então Fanfarra Municipal ao longo dos anos recebeu apoio de várias administrações, indo se apresentar em cidades vizinhas e causando grande encantamento em todos, enriquecendo e valorizando os talentos de jovens e crianças.


O último uniforme usado pelos integrantes da fanfarra foi gentilmente deixado para o município pelo saudoso senhor Odilon de Oliveira, de Machado, sendo adaptado para os componentes da fanfarra juntamente com a confecção de novos uniformes em 2005.

O apoio do governo municipal continuou no decorrer dos anos. Prova disso é a aquisição de estantes para a Fanfarra em 2007 e a sua elevação à categoria de Banda Marcial, sendo criada e denominada pela Lei Municipal Nº. 380, de 25 de setembro de 2007, de Banda Marcial “Tom da Mata”, já que leva o nome da cidade por onde se apresenta.

Ainda em 2007, foi adquirido novo uniforme, sendo idealizado de acordo com as cores da bandeira municipal, com destaque especial para as cores que remetem ao café (folhas, flores e frutos), produto forte no município. 

O lançamento da Banda com uniforme novo se deu em 15 de novembro de 2007, durante o II Projeto de Educação Patrimonial, em São João da Mata.


Em seqüência à criação da Banda, foi feito o seu cadastramento na Secretaria de Estado de Cultura para que futuramente pudesse ser contemplada com a doação de novos instrumentos, o que aconteceu em janeiro de 2008, somando-se aos instrumentos existentes, outros 16 (dezesseis).

Até 2007 a Banda Marcial era composta dos seguintes instrumentos: 04 bombos fuzileiros, 04 surdos médios, 04 surdos grandes, 10 taróis, 02 jogos de pratos, 04 trompetes e 02 trombones. Somam-se a esses os outros 16 (dezesseis) ganhos da Secretaria de Cultura.

Entoando batidas fortes e destemidas, a Fanfarra se compõe dos seguintes recursos humanos: 15 balizas, 06 porta-bandeiras, 02 ajudantes, 01 instrutor e 41 componentes.


Enfim, essa é a história e a trajetória daquela que nasceu como fanfarra e, em decorrência do belo trabalho e esforço de todos os seus integrantes e do seu instrutor, mereceu sua elevação à Banda Marcial.

Que o nome dado, “Tom da Mata”, seja o tom da alegria, o tom da harmonia, da amizade, o tom que toca e sensibiliza os corações que apreciam a arte, numa eterna aproximação e identificação com o belo e a música.

Precisa de ajuda? Converse conosco!